Introdução parte 5
 

Carta aos gentios que corrobora um Único Shúam (Nome), do Criador Eterno o Pai, e do Filho, tanto para os hebreus, como para os gentios.

 

 

Káfos (Pedro corrompido), falou-vos do tempo em que YÁOHU UL primeiro visitou os Gentíles (gentios), para de entre eles levantar um povo que honrasse o seu Shúam (Nome). E este fato da conversão dos Gentíles está de acordo com as predições dos profetas, como está escrito:
 'Nesse tempo reconstruirei o tabernáculo de Dáoud (Davi corrompido),” que agora está em ruínas; "restaurá-lo-ei à sua glória primitiva,” para que o resto dos homens busque YÁOHU UL, "os Gentíles sobre os quais é invocado o meu Shúam (Nome). É isto que diz YÁOHU UL, e ele realiza os seus planos, "feitos desde a eternidade”. Livro de Atos 15.14-18.

Aqui nessa decisão está claro que aqueles Emissários (apóstolos), discípulos e anciãos estavam pregando aos gentios o Único Shúam (Nome), do Altíssimo YÁOHU UL e o Shúam (Nome), do seu Filho YAOHÚSHUA, ambos revelados na língua hebraica, porque todos esses que concordaram por essa decisão eram hebreus, mesmo os serventes (hebreus nascidos entre os gentios, e falavam o hebraico), portanto, entregaram ao Emissário Shaul (Paulo- hebreu de hebreus - FI 3: 4, 6), que havia pregado aos gentios o mesmo Shúam (Nome), que outrora perseguia em Yaohushuaoleym (Jerusalém) - Atos 7: 58; 8: 3,9: 1,16; 26: 14, 15;  e disse Shaul que não foi desobediente a voz que lhe falara do shuaolmayao (céu). Livro de Atos 26: 19.

Portanto é sem fundamento afirmar como afirmam os teólogos (estudantes de “theos” palavra genérica para divindades em grego), que Shaul (Paulo), pregou o Nome grego Iesous, que daí derivou o nome latim Iesvs, e o aportuguesado Jesus, isto é grande blasfêmia e uma grande mentira sem procedência sobre a face da terra; porque é sabido que em todas as gramáticas das línguas universais, que nome próprio não se muda; porque é um nome próprio, próprio de alguém (uma propriedade, uma identidade pessoal), e nem se muda nome de cidade e etc.
Porque o nome de Pôncio Pilatos, o governador romano, que ordenou a execução de YÁOHÚSHUA (O Verdadeiro Messias), no madeiro,aparece nas Escrituras em latim: Pôncio Pilatvs;  na LXX grega: Pôncio Pilatos; e também nas Escrituras do Novo Testamento  em hebraico: Pôncio Pilatos? Por que um nome de um homem comum, embora seja um governador, tem que mantê-lo na sua originalidade, sem deturpar a sua pronuncia vocálica, e o único Shúam Eterno que veio do Shuaolmayao (firmamento), que está acima de todo o nome conforme está escrito: "É agradável louvar YÁOHU ULHÍM, "cantar louvores àquele "cujo Shúam (Nome), está sobre tudo quanto existe". Thillim (Salmos 92.1;
"Por isso mesmo YÁOHU UL o elevou às posições mais altas e lhe deu um Shúam (Nome) que é superior a todos os nomes" Filipenses 2.9.
Por que exatamente esse Shúam (Nome), que existe de eternidade a eternidade, tem que ser deturpado, corrompido e ou adulterado?

De onde vem essa corrupção, quem é o Autor e os co-autores? O autor todos sabe é há-satan (satanás), que planejou matar o Cordeiro de YÁOHU que tira o pecado do mundo, como também apagar o Shúam de YÁOHU UL e do Seu Filho YAOHÚSHUA, o Cordeiro manso, usando homens corruptos sem escrúpulo nenhum à Verdade, conforme está escrito:
“Mas eu como um manso Cordeiro que é levado ao matadouro, eu não sabia que eles tramavam planos contra mim: “Destruamos a árvore em seu vigor, arranquemo-la da Adamah (terra), dos vivos, e o Seu Sháum (Nome), não será mais lembrado!” Yarmi-YÁOHU (Jr) 11.19;

"Agora ouve bem! Haverá 49 anos mais 434 anos desde a altura em que for dada ordem para a reconstrução de Yaohúshua-oléym até à vinda do hol-MEHUSHKHÁY (o Messías), o príncipe! As ruas e os muros de Yaohúshua-oléym serão reconstruídos a despeito dos tempos perigosos que hão de acontecer. Depois deste período de 434 anos, hol-MEHUSHKHÁY (o Messías) será morto sem ter realizado o seu reinado. Levantar-se-á um rei cujos exércitos destruirão a cidade e o Templo". Dayan-Úl (Dani-el corrompido), 9.25-26

“Que farei agora? ', perguntou o dono para consigo. 'Já sei! Vou mandar o meu filho, que muito amo; certamente que hão de respeitá-lo. ' Mas quando os rendeiros viram o filho, disseram: Agora é que chegou a nossa oportunidade! Este é que vai herdar toda a propriedade. Vamos matá-lo para que seja nossa, a herança”. Arrastaram-no para fora da vinha e mataram-no, que acham que o dono irá fazer?", perguntou YAOHÚSHUA. Lucas 20.13-15.

“Quando é que ele vai morrer e perecer o Seu Shúam” (Nome)? Tihillim (Salmos), 41.6.

“Todo esse tempo sempre que a Besta abria a boca era para dizer coisas ofensivas contra YÁOHU UL, e para desprezar o seu (Nome) Shúam, a sua morada celestial e todos os que vivem no shuaolmayao (céu)”. Apocalipse 13.6.

“Vamos ameaçá-los, para que não tornem a falar de YAOHÚSHUA em público.” ssim, voltaram a chamá-los e disseram-lhes que nunca mais falassem de YAOHÚSHUA. Mas Káfos (Pedro corrompido), e YÁOHU-khánam (João corrompido), responderam: "Acham justo que obedeçamos antes às vossas ordens do que às de YÁOHU UL? Não podemos deixar de falar no que YAOHÚSHUA fez e disse na nossa presença”. Livros de Atos 4.17-20.

"Que ninguém de forma alguma vos engane; pois isso não se dará sem que antes venha uma grande revolta contra YÁOHU UL e se revele aquele homem que encarnará em si mesmo o pecado, que será o filho da perdição. Ele se oporá e se levantará contra tudo o que fizer referência a YÁOHU UL e ao seu culto. E até pretenderá mesmo tomar o lugar de YÁOHU UL no próprio Templo de YÁOHU UL, fazendo-se passar por YÁOHU UL mesmo". 2 Tessalonicenses 2.3-4.

“Como podem dizer, "Nós compreendemos as suas leis", quando os vossos legisladores (escribas), as trocaram de forma a poderem significar aquilo que eu nunca disse?” Yarmi-YÁOHU (Jeremias corrompido) 8.8.