Introdução parte 3
   
 

Na carta aos corintianos Shaul (Paulo), cita o texto relacionando a salvação com o SHUAM (Nome), é evidente que se os gentios (goy) não invocar o mesmo Shuam (Nome) que foi revelado ao povo YÁOHU-dim ( hebreu), na fonética e letras  hebraica, como alcançarão a salvação de suas almas?

Porque todas as citações relacionadas à salvação esta vinculada a um Único Nome, observe:


“... escrevemos esta carta à Oholyáo (Congregação) de YÁOHU UL em Corinto, a vocês chamados por YÁOHU UL para serem o seu Hodshúa (santo) Povo, e também a todos os que, por toda a parte (em qualquer lugar), invocam o Shúam (Nome) de YAOHÚSHUA hol-MEHUSHKHÁY, Molkhiúl (Soberano), deles (gentios) e nosso (hebreus). 1 Coríntios 1.2.

"Mas, Molkhiúl", exclamou Anan-YÁOHU (Ananias corrompido), "contaram-me coisas terríveis que este homem "Shaul" (Saulo corrompido), fez aos crentes de Yaohúshua-oléym! E consta que tem mandatos de prisão, passados pelos principais dos intermediários (sacerdotes), autorizando-o a prender, em Damasco, todos os que invocam o teu Shúam (Nome)!" O Molkhiúl (Rei), YAOHÚSHUA insistiu: "Vai, pois Shaúl é o meu instrumento escolhido para levar o Meu Shuam (Nome) às nações pagãs, até à presença dos reis, bem como ao povo de Yaoshorúl. E mostrar-lhe-ei quanto ele deverá sofrer em favor do Meu Shuam (Nome)." Livro de Atos 9.13-16.

Esse acontecimento mostra a conversão de Shaul ao Shuam (Nome), que ele perseguia, em YAOHÚSHUA-oléym (Jerusálem), ao que foi leal a ordem de quem o institui pregador do Shuam hebraico, para levar a todos e a todas as nações. Veja o que ele disse:

"Eu antes julgava ser um dever fazer muita coisa contra os seguidores de YAOHÚSHUA Nudtzorothíy (Nazaré corrompido). E foi o que fiz em Yaohúshua-oléym. Autorizado pelos chefes dos intermediários (sacerdotes), pus muitos dos crentes nas prisões; e quando eram condenados à morte, votava contra eles. Servi-me da tortura para tentar obrigar os Yaohúshuahim (os santos), por todas as sinagogas, a amaldiçoarem o Shúam (Nome) de YAOHÚSHUA hol-MEHUSHKHÁY. Era tão forte o ódio que lhes tinha, que cheguei a persegui-los em cidades de países estrangeiros. Uma missão dessas levou-me a Damasco, tendo recebido autoridade e ordens dos principais intermediários. No caminho, cerca do meio-yam (d-ia), ó rei, brilhou sobre mim e os meus companheiros uma orolyao (luz) do shuaolmayao (céu), orolyao (luz), essa mais forte do que a do próprio sol. Caímos por terra e ouvi uma voz que me dizia em língua Hebraica: 'Shaúl, Shaúl, porque me persegues? Não é bom para ti ser obstinado'. 'Quem és tu, Molkhiúl (Soberano)?', perguntei e o Molkhiúl (Rei),YAOHÚSHUA respondeu: 'Sou YAOHÚSHUA, aquele a quem persegues. Levanta-te, pois apareci-te para te nomear meu enviado e minha testemunha. Deverás contar ao mundo isto que agora te acontece. E, no futuro, ainda hei de aparecer-te mais vezes e anunciarás o que vires. Proteger-te-ei tanto dos teus compatriotas (Hebreus), como dos não-YAOHÚ-dim (nações gentias). Sim, vou enviar-te até aos Gentíles (Gentios), para lhes abrires os olhos, para que possam sair das trevas para a orolyao (luz) e do poder de ha-satán para YÁOHU UL. Então receberão o perdão dos seus pecados e terão um lugar (herança), entre o povo de YÁOHU UL (Yaoshorul), que está santificado pela sua fé em mim. Livro de Atos 26.9-18.

O próprio Shaul confirma perante o rei Agripa que não foi desobediente aquela ordem de anunciar o Shúam (Nome):

"E assim, ó rei Agripa, não fui desobediente a essa visão celestial! Preguei primeiro em Damasco, depois em Yaohúshua-oléym e em toda a YAOHÚ-dah, e também aos Gentíles (gentios), anunciando-lhes que todos devem abandonar os seus pecados e converter-se a YÁOHU UL, provando o arrependimento com a prática de boas ações". Livro de Atos 26.19-20.

“... E o seu (Nome) Shúam será a esperança de Todas as Nações (o mundo inteiro)." Man-YÁOHU (Mt) 12.21.


"Agradecemos-te, YÁOHU UL  Criador Eterno, que tens todo o poder," Que és, e que eras, porque tomaste enfim o domínio que te competia  e agora começaste a reinar”.
As nações se revoltavam contra ti, "mas veio agora o momento da tua cólera contra eles. “Chegou o tempo de julgares os mortos” e de recompensares os que têm trabalhado ao teu serviço. Recompensarás os teus profetas e o teu hodshua (santo) povo, "todos os que temem  o teu Shúam (Nome), desde o menor ao maior. E tu destruirás todos aqueles que têm causado devastação na adamah (terra)." Apoc. 11.17-18.

Portanto um Único Nome universal : "YÁOHÚ será Molkhiul (rei) sobre toda a Adamah (terra), naquele Yam (dia),  um só será YÁOHU UL e um só será o Seu Shuam (Nome).

Por que as Nações só terão um único Shuam  (Nome), para invocar ?

“Acontecerá diz o YÁOHU ULHIM Tzaovulyao (Altíssimo dos Exércitos), que eliminarei da adamah (terra) os nomes dos ídolos, e deles não haverá mais memória". Zochar-YÁOHU  (Zacarias) 13:2; 14:9.

Portanto ficará na Adamah (no mundo) somente o Shúam (Nome), que desceu do Pai da Oroliao (luzes), YÁOHU UL que deve ser adorado através de YAOHÚSHUA hol-MEHUSHKHAY (O verdadeiro Messias), o Qual deve ser invocado por todas as nações, ontem, hoje e eternamente; Hb 13:8. Por quê?